Projeto Estrutural – Guia Completo

O que é Projeto Estrutural?

O Projeto Estrutural faz parte do conjunto de projetos essenciais para construção que abordamos em nosso Guia da Construção, pois nele são lançados e dimensionados os elementos estruturais que farão a sustentação da edificação.

A elaboração deste projeto deve se comunicar com o Projeto Arquitetônico, Projeto Elétrico e Projeto Hidráulico, pois pode fazer com que alguns elementos destes projetos sofram modificações. O sistema estrutural adotada deve ser decidid

Prancha de Projeto Estrutural

Apesar de serem projetos distintos, não indicamos nunca que o Projeto Estrutural seja adquirido sem o Projeto de Fundações, a menos que o cliente tenha a intenção de contratar outro profissional para fazê-lo.

Caso sejam elaborados separadamente, o projetista estrutural responsável pelo projeto assume que a edificação será construída sobre terreno estável e com resistência suficiente para suportar as cargas indicadas e que o posicionamento de todos elementos arquitetônicos e estruturais serão mantidos, sendo necessário fazer os devidos ajustes se houver alterações.

Por que fazer Projeto Estrutural é importante?

O Projeto Estrutural é de grande importância principalmente por dois motivos: Segurança e Economia. Um bom Projeto Estrutural garante que não será necessário realizar modificações posteriores à sua execução, o famoso “quebra quebra”.

O projeto também é feito de modo a reduzir o custo de manutenção e aumentar o tempo de vida das construções. Além disso, quando o projeto é feito por um profissional competente, e executado da maneira correta, evitamos o superdimensionamento da estrutura.

Quais as etapas do Projeto Estrutural?

O Projeto Estrutural é dividido em etapas distintas a fim de otimizar o processo de elaboração. Cada etapa é de extrema importância e deve sempre ser revisada antes que uma nova etapa seja iniciada, evitando assim retrabalho.

Escolha do Sistema Construtivo

O Sistema Construtivo, idealmente, deve ser pensado durante a concepção do Projeto Arquitetônico, para evitar que sejam necessárias modificações no projeto original, por exemplo, para esconder pilares e vigas.

A escolha prévia é importante também pela questão de “liberdade arquitetônica” que cada sistema construtivo proporciona. Por exemplo, edifícios em alvenaria estrutural normalmente possuem todos pavimentos exatamente iguais, enquanto edifícios em aço ou concreto armado podem ter cada apartamento com layout independente.

Lançamento

Nesta etapa que se concentra o maior esforço do projetista e quando este pode realmente fazer a diferença no custo da obra. Para o lançamento dos Elementos Estruturais o projetista deverá buscar a melhor solução e avaliar o impacto na segurança, funcionalidade e economia de cada decisão.

Normalmente a etapa de lançamento ocorre simultâneamente à etapa de dimensionamento, para que seja possível realizar comparativos entre as decisões, buscando sempre a que oferece mais vantagens.

Dimensionamento

Na etapa de dimensionamento é feito o cálculo da estrutura, considerando todas cargas que atuarão na edificação durante sua vida útil.

O processo de dimensionamento é iterativo, pois a cada mudança realizada a estrutura deve ser recalculada com as novas dimensões, até que seja encontrada a configuração otimizada.

Ao fim deste processo são definidas as dimensões dos elementos estruturais e, no caso de estruturas de concreto armado, a quantidade de aço a ser utilizada.

Otimização

Apesar de ser um processo opcional, bons projetos precisam ser otimizados diversas vezes antes da entrega final. Em função da grande quantidade de variáveis em um projeto estrutural, dificilmente a “estrutura ideal” é alcançada no primeiro lançamento.

Por exemplo, para avaliar o impacto dos diferentes tipos de concreto é necessário analisar a alteração na estrutura como um todo e modificar a dimensão dos elementos estruturais.

Detalhamento

Após o dimensionamento e otimização da estrutura, é necessário registrar as informações do projeto para que o construtor possa executá-lo. Para isso são criadas as pranchas de detalhamento de lajes, vigas e pilares, e também as plantas de cargas e formas.

Cada um desses elementos possui uma função importantíssima para o projeto e estão explicados abaixo.

Quais os elementos do Projeto Estrutural?

Os elementos do Projeto Estrutural têm como objetivo passar a informação para o responsável pela execução da obra, por isso, é importante que sejam bem elaborados e claros o suficiente para que não haja dúvidas e nem necessidade de dedução no canteiro de obras.

Planta de Cargas

A Planta de Cargas é utilizada para o dimensionamento dos elementos da fundação. Nela estão representadas as cargas originadas de toda a edificação, juntamente com a localização dos pilares que irão transferir essas cargas para a fundação.

Planta de Formas

Na Planta de Formas são representas as formas que serão utilizadas para receber o concreto. É importante atentar para a representação correta dos níveis para não correr o risco de confundir Nível Osso com Nível Acabado durante a execução da obra.

Detalhamento dos Elementos Estruturais

Deve ser feitos os detalhamentos das vigas, lajes e pilares, representando suas dimensões e armadura. Além disso, deverão constar informações relevantes à execução dos elementos, como volume de concreto, aço utilizado, área de formas, dosagem do concreto, cobrimento e nível.

Referências

  • Normas Técnicas
    • NBR 6118 – Projeto de Estruturas de Concreto – Procedimento
    • NBR 6122 – Projeto e Execução de Fundações
    • NBR12655 – Concreto de Cimento Portland – Preparo, Controle, Recebimento e Aceitação – Procedimento
    • NBR14931 – Execução de Estruturas de Concreto – Procedimento
    • NBR 16868 – Alvenaria Estrutural
      • Parte 1: Projeto
      • Parte 2: Execução e Controle de Obras
      • Parte 3: Métodos de Ensaio

Matheus Carvalho

Engenheiro Civil na CarLuc Engenharia CREA - RS238065